Jornadas Europeias do Património – Loulé

No âmbito da sua política para a valorização patrimonial, a Câmara Municipal de Loulé associa-se de novo às comemorações das Jornadas Europeias do Património, com um programa de atividades subordinado ao tema “Comunidades e Culturas”, que decorrem em Loulé, Querença e Alte, nos dias 23 e 24 de setembro.

O programa arranca na sexta-feira, dia 23, no Pólo Museológico da Água e Escola EB1 de Querença, onde as crianças deste estabelecimento de ensino poderão participar na Oficina de Modelagem de Alcatruzes. Esta iniciativa decorre das 9h00 às 11h30, numa organização de Barroca, produtos culturais e turísticos.

Pelas 15h00, outra das aldeias tradicionais do interior – Alte – junta-se a estas celebrações. O Pólo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte recebe a rubrica “Alte pela janela do tempo…”, com a projeção de fotografias antigas.

No Museu Municipal de Loulé, a partir das 18h00, no âmbito da iniciativa “Histórias escondidas no Museu”, vai ser apresentada uma aplicação multimédia, seguida de uma sessão de poesia, pela Casa da Cultura de Loulé.

No sábado, dia 24, a proposta é a mostra e aula aberta “Roda de Empreita”, na qual os participantes (público em geral) poderão entrar em contacto com esta tradição artesanal. A iniciativa tem lugar na Cerca do Convento Espírito Santo, em Loulé, das 10h00 às 16h00.

A Associação Cultural Fungo Azul traz a estas Jornadas uma “Tarde no Museu” sobre “Sons da Palavra”- Lendas e contos tradicionais algarvios, numa iniciativa da Direção Regional de Cultura do Algarve.

“Comunidades e Culturas” é o tema adotado em 2016 por um número alargado de países membros do Conselho da Europa, e também por Portugal, e tem como objetivo destacar e envolver as múltiplas formas de comunidade, comunidades locais, escolares, de bairro, clubes, associações de desenvolvimento, organizações não-governamentais, sejam de caráter cultural, religioso, filosófico, científico, desportivo ou recreativo, ou outras, preocupadas e vocacionadas para o conhecimento, proteção, desenvolvimento, utilização e organização dos seus próprios ambientes culturais, nas mais variadas formas. Compreender os elos de ligação entre o património e a(s) comunidade(s) contribui para a valorização da cultura nas suas múltiplas dimensões.

Refira-se que as Jornadas Europeias do património são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia, envolve cerca de 50 países, tendo como objetivo a sensibilização dos cidadãos para a importância da proteção do Património. Em cada país é promovido, anualmente, um programa de atividades a nível nacional, de acesso gratuito na sua grande maioria. No caso de Portugal, a coordenação deste evento é da responsabilidade da Direção-Geral do Património Cultural.cartaz-jep-loule-2016_versao2-copiar-01

Anúncios

Os comentários estão fechados.

  • Introduza o seu endereço de email para seguir este blog e receber notificações de novos artigos por email.

    Junte-se a 129 outros seguidores

%d bloggers like this: