‘D. Manuel: O teatro do poder’ – Preleção no Museu Municipal de Faro, dia 20 novembro, 21h

Palestra
D. Manuel: O teatro do poder
Prof. Luís Filipe Oliveira | Prof.ª Ana Cristina Oliveira

Luís Filipe Oliveira
Sinopse
Como se faz um rei? Como se prepara para essas funções alguém que não sonhava ser rei e que nem sequer tinha a esperança de vir a herdar a maior parte dos senhorios dos seus pais? Como se habitua uma corte e um reino a ver um rei na figura de um jovem fidalgo que era duque há pouco e que apenas o fora por morte dos irmãos mais velhos ? Foi esse o destino e a ventura de Manuel I, um rei obrigado a mostrar em permanência a dignidade do cargo que ocupava e a ritualizar todo o cerimonial que rodeava o monarca e a corte.

Ana Cristina Oliveira
Sinopse
A representação vicentina da figura da mulher marca a transição do medievalismo para o renascimento, também pela sua visão progressista de uma mulher que reivindica os seus direitos e se recusa a viver de forma apagada e sombria. No palco como atriz, ou nos bastidores como mecenas, as mulheres dedicaram-se à causa do teatro, contribuindo para a sua maioridade e autonomia eclesiástica.


 

Luís Filipe Oliveira: Licenciado em História pela Universidade de Lisboa e Doutor em História Medieval pela Universidade do Algarve, é membro do Instituto de Estudos Medievais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, sendo colaborador do CEHR da Universidade Católica e do Campo Arqueológico de Mértola. Integra atualmente o Conselho de Redação da revista Medievalista on-line, publicada pelo IEM-UNL, fazendo parte do conselho científico da revista de Estudos Graduados da Universidade Autónoma de Madrid. Tem publicado diversos trabalhos sobre a região algarvia, em particular sobre a antiga rede viária e o cultivo da vinha, ou sobre os agentes e a vida cultural da região, embora a ideologia e as ordens militares, ou a presença e o impacto das últimas  nas cidades medievais, se encontrem entre os seus temas atuais de investigação. Desempenha funções de Professor Auxiliar da FCHS da Universidade do Algarve.

Ana Cristina Oliveira: Licenciada em Filosofia na Universidade Nova de Lisboa e Mestre em Educação Artística, variante em Teatro e Educação. Inicia o seu percurso de docente na Escola Secundária do Restelo a lecionar Filosofia. Dará aulas em Lagoa e aqui funda juntamente com outros professores e artistas a Associação Cultural Ideias do Levante, tendo inclusivamente presidido à sua direção. É atualmente professora na Escola Secundária Pinheiro e Rosa, em Faro, tendo aqui criado o grupo de teatro Tapete Mágico. É desde 2007 a Diretora do Curso de Artes do Espetáculo, variante Interpretação. Esteve à frente da programação do teatro Lethes e colaborou na edição da brochura ACTA’s do Teatro. Tem alguns livros publicados e assinou sistematicamente entre 2003 e 2013 artigos de critica de teatro e dança no Algarve. Em 2011 criou a Companhia DoisMaisUm, totalmente independente, para a qual encena textos da sua autoria, que são levados à cena na região do Algarve.

Anúncios

Os comentários estão fechados.

  • Introduza o seu endereço de email para seguir este blog e receber notificações de novos artigos por email.

    Junte-se a 127 outros seguidores